Pular para o conteúdo
« Voltar

TJSC conta com 119 varas com certificação 100% digital. 20 delas estão no Norte de SC

17/01/2019 16:45
3296 visualizações

O Poder Judiciário catarinense passa por uma transformação e serve como exemplo público em ações de sustentabilidade e proteção do meio ambiente.  Uma das frentes de trabalho é a digitalização dos processos com a eliminação de papel e impressoras.  Atualmente, são 119 varas que trabalham no formato 100% digital. Deste total, 20 delas estão localizadas na região Norte.

Um dos exemplos está na comarca de Joinville, sediada na cidade mais populosa de Santa Catarina, que já conta com 10 varas 100% digitais. Ainda na região Norte, algumas varas das comarcas de Balneário Piçarras, Canoinhas, Garuva, Guaramirim, Itaiópolis, Jaraguá do Sul e São Bento do Sul já detém a certificação 100% digital. Além do impacto ambiental, o Judiciário catarinense ganha em agilidade, redução de despesas e ganhos de operacionalidade no trabalho. 

Na opinião do juiz Yhon Tostes, titular do 1ª Vara de Direito Bancário da comarca de Joinville, a digitalização gerou uma maior eficiência e diversos ganhos. "Com certeza se conferiu uma maior agilidade nos procedimentos cartorários aperfeiçoando a atividade-meio e incrementando a eficiência na entrega da prestação jurisdicional. Como ganho paralelo, temos a economia de recursos e preservação ambiental. Trata-se, efetivamente, de uma justiça célere e inserida no século XXI", destaca o magistrado.

O Programa de Digitalização no Judiciário de SC tem a intenção de, até o final de 2020, alcançar todas as varas existentes no Estado. O esforço do Tribunal de Justiça iniciou em 2012, quando implantou a digitalização de processos físicos. Inicialmente tímido, o trabalho ganhou fôlego em novembro de 2014, quando foi concluída a instalação de uma nova versão do SAJ em todas as unidades de 1º grau (varas e juizados). Desde então, 100% dos processos novos entram no formato digital em Santa Catarina.

Para se ter uma ideia do volume de papel nas ações judiciais, cada processo tem aproximadamente 100 páginas, ou seja, são 160 milhões de folhas de papel impressas, que pesam cerca de 800 toneladas. Para produzir essa quantidade de papel, é necessário cortar 9,6 mil árvores. Isso somente contando o atual acervo do Judiciário catarinense. Com a entrada de novos processos em formato digital, o Estado deixou de imprimir anualmente 500 toneladas de papel.


Confira as unidades da Região Norte que possuem certificação 100% Digital:

Joinville - 1º, 2º e 3º Juizados Especiais Cíveis; 1ª, 2ª e 3ª Varas da Família; 1ª e 7ª Varas Cíveis; 1ª Vara de Direito Bancário e Vara da Infância e Juventude

Jaraguá do Sul - 2ª Vara Criminal, Vara da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho e Registros Públicos e também Vara Regional de Direito Bancário

Balneário Piçarras - 2ª Vara

Canoinhas - Vara Criminal e 2ª Vara Cível

Garuva - Vara Única

Guaramirim - 1ª Vara

Itaiópolis - Vara Única

São Bento do Sul - 2ª Vara

Fotos: Thiago Dias/Assessoria de Imprensa TJSC - Comarca de Joinville
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Fabrício Severino