Pular para o conteúdo
« Voltar

Réu que transportava 293 quilos de maconha é condenado a 10 anos de prisão em Palhoça

24/03/2019 10:00
2973 visualizações
A juíza Érica Lourenço de Lima Ferreira, da 1ª Vara Criminal de Palhoça, condenou a 10 anos, três meses e 25 dias de reclusão, em regime fechado, um homem flagrado com 293 quilos de maconha e 1,5 quilo de "skank". Avaliadas em R$ 500 mil, as drogas estavam divididas em tabletes no banco traseiro e no bagageiro de um carro e foram descobertas pela Polícia Rodoviária Federal em 30 de setembro do ano passado. O réu foi incriminado por tráfico, posse e transporte de drogas e também por dirigir um veículo roubado com placa adulterada.   
 
Preso em flagrante na BR-101, próximo a Paulo Lopes, o réu disse que vinha de Balneário Camboriú e iria para Canoas, no Rio Grande do Sul, onde receberia R$ 5 mil pelo serviço. Falou ainda que estava desempregado, assim como sua esposa, e viu "uma oportunidade de ganhar dinheiro fácil".  
 
Conforme anotou a magistrada na sentença, os boletins de ocorrência, o registro de recuperação do veículo roubado, os autos de apreensão e constatação provisória e o laudo pericial não deixam dúvidas sobre a materialidade do crime. Segundo ela, "é inconteste que o acusado desempenhava função de essencial importância   para   os   possíveis   receptadores   da   imensa   quantidade   de  droga   que transportava quando foi detido, demonstrando que possivelmente estava ligado a grandes traficantes ou até mesmo a organização criminosa voltada à prática ilícita". A sentença foi proferida na quarta-feira, 20 de março (Ação Penal n. 0008070-95.2018.8.24.0045). 
 
Fotos: Arquivo/TJSC
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Assessoria de Imprensa/NCI