Pular para o conteúdo
« Voltar

Juízes da comarca de Chapecó prolataram 76 sentenças diariamente ao longo de 2018

10/01/2019 11:27
1708 visualizações

A comarca de Chapecó, no oeste catarinense, registrou alta produtividade ao longo de 2018. Julgou mais processos do que ingressaram na unidade. Foram prolatadas 26.667 sentenças, com a entrada de 25.991 novas ações. Em igual período, os 17 juízes lotados na comarca também foram responsáveis por 11.921 decisões e despachos interlocutórias, além de 16.913 audiências. Em média, por dia de trabalho, foram prolatadas 76 sentenças e 319 outras decisões e despachos, com a realização de 48 audiências.

A 3ª Vara Criminal, sob o comando do juiz Gustavo Emelau Marchiori e responsável pela área de execuções penais, teve atuação destacada com o registro de 8.390 decisões. O magistrado, frente a uma equipe composta por 16 pessoas, assumiu o cargo em 2012. Desde então, explica, apostou na utilização da tecnologia e em parcerias para agilizar o trabalho interno. E os resultados são visíveis, tanto que sua unidade aparece entre aquelas de grande produtividade no Estado.

Diversas medidas foram adotadas nestes últimos anos para agilizar os processos que envolvem principalmente presos e egressos do sistema. "Trabalhamos em benefício do preso, mas a produtividade reflete na sociedade. Nunca houve rebelião ou movimentação nas unidades prisionais por demora judicial", destaca Marchiori. O Juizado Especial Criminal e de Violência Doméstica da comarca também está na lista dos mais produtivos de Santa Catarina. Em 2018, foram prolatadas 6.504 decisões. 

Fotos: Arquivo/TJSC e 3ª Vara Criminal/Comarca de Chapecó
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Fabrício Severino