Pular para o conteúdo

Cojepemec prossegue com uso do WhatsApp em audiências de conciliação no 2º grau

11/07/2019 14:56
1604 visualizações

A Coordenadoria Estadual do Sistema dos Juizados Especiais e do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos - Cojepemec prossegue até o próximo dia 19 com sessões agendadas em busca de composição em processos que envolvem consumidores e empresas da área de telefonia.

O programa de conciliação de 2º grau do TJ resolveu priorizar, nesta etapa, processos cujo objeto da demanda está amparado pela legislação consumerista, com sentença condenatória já prolatada. Calcula-se que até o final dos trabalhos serão analisados cerca de 100 processos, de empresas como a Oi S/A, Oi Móvel S/A e Telemar Norte Leste S/A.

Até o momento, os resultados já se mostram favoráveis, com alto índice de êxito nas buscas por acordo. Destaque, em particular, para a utilização do meio eletrônico em busca da conciliação, medida implementada em 19 de novembro do ano passado, quando o TJ passou a admitir a possibilidade de realização de audiências por meio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp.

"Gostaria de parabenizar a iniciativa da corte superior deste Estado, pois o projeto em comento viabiliza a realização de audiências sem maiores custos às partes, advogados e erário, respeitando, rigorosamente, os princípios da confidencialidade, imparcialidade, busca do consenso, boa-fé e autonomia da vontade das partes", comentou o advogado Tullo Cavallazi, cujo escritório participa das audiências em nome das empresas envolvidas. 

Fotos: Arquivo/TJSC
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Assessoria de Imprensa/NCI