Pular para o conteúdo

TJ realiza reunião técnica para tratar do Banco Nacional de Monitoramento de Prisão

17/07/2017 17:41
1422 visualizações

Dirigentes do Tribunal de Justiça estiveram reunidos com a empresa responsável pelo Sistema de Automação Judiciária (SAJ) para discutir o modelo de sua integração com o Banco Nacional de Monitoramento de Prisão (BNMP), recém proposto pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Na ocasião, foram delineadas as questões técnicas que envolvem a troca de dados entre o sistema utilizado no Poder Judiciário catarinense e aquele que deverá ser implantado pelo CNJ até o final do ano, bem como as ações necessárias para que se avance com a integração pretendida.

O TJ, conforme determinação de seu presidente, desembargador Torres Marques, atuará na construção de ferramenta digital que servirá como piloto na operação de serviços que acionarão automaticamente as funcionalidades em desenvolvimento pelo CNJ para colocar em operação o BNMP.

O projeto deverá ser implantado em etapas, mediante ações constantes com a equipe técnica do CNJ para melhor compreensão do modelo e realização de testes da interação entre os sistemas.

Participaram da reunião, realizada no final da tarde da última sexta-feira (14/7), magistrados, diretor de Tecnologia da Informação, assessores do Grupo de Monitoramento e Fiscalização e do Comitê Gestor de Informática e dirigentes da empresa responsável. 

Fotos: Sandra de Araújo/Assessoria de Imprensa TJSC
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo