Pular para o conteúdo
« Voltar

TJ lança questionário para ouvir magistrados e servidores sobre desafios para 2018

19/06/2017 16:57
1322 visualizações

O Tribunal de Justiça, em trabalho sob a coordenação da Assessoria de Planejamento (Asplan), acaba de disponibilizar em seu site questionário a ser preenchido por magistrados e servidores com a indicação de metas para enfrentar dois macrodesafios predefinidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceira com o Comitê de Governança Colaborativa da Justiça Estadual: "Impulso às execuções fiscais, cíveis e trabalhistas" e "Aprimoramento da Justiça Criminal".

São oferecidos, para cada macrodesafio, quatro opções, com ações práticas e adoção de políticas que busquem minorar e/ou solucionar os gargalos de cada área. Elas foram definidas no início deste mês, em reunião do grupo de trabalho formado por magistrados e servidores responsável por discutir e propor metas para os macrodesafios propostos para discussão no âmbito da Justiça estadual. O questionário ficará disponível até o próximo dia 27 de junho.

Na sequência há previsão de uma série de etapas para formalizar a proposta final do segmento da Justiça Estadual, que será levada ao XI Encontro Nacional do Poder Judiciário para apreciação e aprovação dos presidentes de todos os tribunais do país. Nesta tarde, técnicos da Asplan participaram de uma videoconferência coordenada pelo Departamento de Gestão Estratégica do CNJ, com a participação do secretário-geral da instituição, Juiz Júlio Ferreira de Andrade.

Na oportunidade, participaram todos os coordenadores dos subcomitês da Justiça Estadual. O servidor Wanderley Horn Hülse, da Asplan, é o representante da região Sul no comitê nacional. A construção da proposta de metas para 2018 no segmento da justiça estadual foi justamente o tema principal da videoconferência.

Para acessar e poder responder ao questionário, clique aqui.

 

Fotos: Gamaliel Basílio/Assessoria de Imprensa TJSC
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo