Pular para o conteúdo
« Voltar

Mais cinco policiais são ouvidos como testemunhas em audiência na comarca da Capital

22/05/2019 19:16
3412 visualizações

A Vara Criminal da Região Metropolitana de Florianópolis ouviu cinco policiais civis como testemunhas de acusação na tarde desta quarta-feira (22/5), na segunda audiência realizada em que 49 réus são acusados de integrar organização criminosa de São Paulo com atuação em Santa Catarina. Os cinco agentes são da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e atuaram na investigação do caso.

Os depoimentos foram presididos pelo juiz titular Elleston Lissandro Canali, no salão do júri do Fórum da Capital. Assim como na primeira audiência, realizada no dia 15 deste mês, quando um delegado e um agente da Draco foram ouvidos, houve reforço na escolta e segurança pelo Departamento de Administração Prisional (Deap), Polícia Militar e Núcleo de Inteligência e Segurança (NIS) do TJSC. Acompanharam o ato 35 réus presos - os demais, em razão de estarem em unidades prisionais distantes, foram dispensados do comparecimento.

As testemunhas responderam a indagações do magistrado, promotor de justiça, defensora pública e advogados. A organização criminosa foi investigada durante um ano. Consta na denúncia que a facção pretendia dominar comunidades carentes para realizar o tráfico de drogas na Capital. Ainda estão agendadas mais oito audiências até agosto para depoimentos de novas testemunhas de acusação e de defesa e interrogatórios dos réus (Autos n. 00079679120178240023).

Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Assessoria de Imprensa/NCI