Pular para o conteúdo

Gabinetes de desembargadores encerram ano com novos equipamentos de informática

19/12/2017 09:53
7582 visualizações

Os desembargadores do Tribunal de Justiça, desde o início deste mês, dispõem em seus gabinetes de novos computadores do tipo mini desktop, que ocupam menos espaço mas operam com velocidade superior e o dobro da capacidade de armazenamento.

Segundo técnicos da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), que efetuou a troca com o apoio do Conselho Gestor de Informática, os novos equipamentos atendem aos requisitos técnicos e certificações ambientais, com maior taxa de processamento, menos consumo energético e garantia de 60 meses. Além disso, são equipamentos já utilizados e aprovados em outros tribunais e órgãos públicos.

Estas máquinas substituíram as antigas, com processador Intel Core i3 ou i5 de terceira geração e 2 ou 4 GB de memória RAM.  Os computadores novos contam com processador Intel Core i5 de sexta geração, 8 GB de memória RAM, 8 portas USB 3.0 e 256 GB de armazenamento. A Divisão de Equipamentos da DTI substituiu os computadores de 90 gabinetes de desembargadores, no total de 1.020 unidades, em 28 dias úteis, com a conclusão dos trabalhos no início deste mês.

A realização das atividades em tempo reduzido foi possível com o empenho dos TSIs da Seção de Configuração e das Comarcas convocados para as atividades. A expectativa, agora, é que a melhoria no desempenho e na capacidade de armazenamento desses computadores traga mais agilidade para as atividades realizadas nos gabinetes dos desembargadores.

Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo