Pular para o conteúdo

Empresa propõe choque de efetividade para melhorar performance do SAJ no 1º grau

26/02/2018 09:25
7001 visualizações

O Tribunal de Justiça, sem qualquer ônus ao erário, aderiu ao Projeto Sinergia, iniciativa da Softplan, empresa responsável pelo Sistema de Automação do Judiciário que busca promover um choque de efetividade e melhorar o desempenho do Sistema de Automação do Primeiro Grau (SAJ-PG). Desde 14 de fevereiro, com prazo de duração de 60 dias, técnicos da empresa realizam intervenções nas seis varas cíveis e na Divisão de Tramitação Remota da Capital para obter maior grau de satisfação, melhoria na produtividade dos usuários, otimização dos procedimentos e aumento da performance, além de propor melhorias no sistema para as demais unidades de todo o Estado.

A juíza auxiliar da Presidência Carolina Ranzolin Nerbass Fretta, que acompanha de perto o desenvolvimento do projeto, informa ainda que, a partir desta segunda-feira (26/2) até o próximo dia 13 de abril, todos os chamados de suporte ao SAJ-PG serão atendidos exclusivamente pela empresa Softplan, dentro da programação do Sinergia. Também a partir desta segunda a empresa oferecerá suporte diferenciado exclusivamente aos magistrados de todo o Estado e a casos urgentes, por meio de telefone. "Acolhemos a proposta da empresa em buscar o aperfeiçoamento do sistema, através deste esforço concentrado, principalmente porque a percepção atual dos usuários está distante do ideal", explicou a juíza Carolina. 

Fotos: Divulgação/Freeimages
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo