Pular para o conteúdo

CGJ demonstra otimismo em renovação contratual para coleta de DNA em audiências

28/02/2018 19:23
2256 visualizações

O desembargador Henry Petry Junior, corregedor-geral da justiça do TJ, participou nesta semana (27/2) de reunião na Casa Civil do governo do Estado, para tratar da renovação do convênio para a continuidade do Programa de DNA em Audiência em Santa Catarina. O Prodnasc, como é conhecido, tem o intuito de coletar o material genética ainda durante as sessões de audiência de investigação de paternidade.

O prazo do convênio n. 036/2007, que já funciona há 10 anos, terminou no início de fevereiro, mas as partes envolvidas demonstraram interesse em manter o programa e darão continuidade aos trâmites necessários para a sua renovação junto à Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Juntamente com o desembargador Petry estavam o juiz-corregedor Orlando Luiz Zanon Júnior, o juiz-auxiliar da presidência Cláudio Barbosa Fontes Filho e o assessor técnico do Núcleo II da corregedoria Gilson Luís Nórcio. Eles foram recebidos pelos secretários da Casa Civil, Luciano Veloso Lima, e da Secretaria de Estado da Saúde, Acélio Casagrande. Também estavam presentes na reunião representantes do Ministério Público e do Conselho de Agentes de Saúde, assim como de outras instituições participantes do convênio.

Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo