Pular para o conteúdo

Campanha de adoção, em nova etapa, registra reforço de instituições e entidades de SC

23/05/2016 11:34
1534 visualizações

A campanha Adoção - Laços de Amor, lançada originalmente no Estado em 2011 com o objetivo de aumentar o número de adoções através da sensibilização da sociedade e da agilização no trâmite dos processos, parte para uma nova etapa nesta semana.

E bastante reforçada, com o engajamento de novos atores e a assinatura de um termo de cooperação ainda mais abrangente, com a participação dos Poderes Judiciário, Executivo, Legislativo e de instituições e entidades relevantes no cenário catarinense, como Ministério Público (MPSC), Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC), Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) e Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc). A campanha ganhará fôlego para enfrentar o desafio de quebrar velhos paradigmas e incentivar especialmente a adoção tardia. 

O Tribunal de Justiça, entre outras atribuições no âmbito da cooperação, deverá agilizar processos de habilitação de pessoas interessadas em adotar crianças com perfil de difícil colocação em famílias substitutas, promover capacitações regionais conjuntas com suas equipes técnicas e com o pessoal que trabalha nos serviços de acolhimento, e incentivar convênios com universidades para incrementar a realização de avaliações psicológicas e de estudos sociais nos processos de adoção.

A solenidade de assinatura do termo de cooperação está marcada para acontecer nesta quarta-feira (25/5), às 15 horas, no Plenário da Assembleia Legislativa, com a participação dos principais dirigentes dos órgãos envolvidos. Acompanhe aqui, reportagem produzida pela TVAL para dar apoio aos atos futuros da campanha Laços de Amor.

 

 

 

Fotos: Divulgação/Alesc
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa e Sandra de Araujo